Polícia Crime bárbaro

Herança do pai pode ter motivado morte da advogada Izadora Mourão

A vítima foi assassinada com 7 facadas dentro de sua residência na cidade de Pedro II, no último sábado 13.

16/02/2021 13h58
Por: Redação Fonte: Piauí Hoje
Herança do pai pode ter motivado morte da advogada Izadora Mourão
Herança do pai pode ter motivado morte da advogada Izadora Mourão

A Polícia Civil do Piauí, revelou nesta terça-feira, 16, que o irmão assassinou a advogada Izadora Mourão, de 41 anos, por conta de uma herança deixada pelo pai há cerca de um ano. A vítima foi assassinada com 7 facadas dentro de sua residência na cidade de Pedro II, no último sábado 13.

A investigação assinala que a morte teria sido motivada por uma herança familiar, deixada pelo pai dos dois há pouco mais de um ano. Quando o pai veio a óbito se deu início a várias brigas relacionadas a herança. Vizinhos da família asseguram que era comum ouvir bate-bocas dos irmãos.

Ainda segundo a investigação, uma das facas usada por João Paulo foi comprada dias antes do crime, o que leva a crer que ele tenha esquematizado o assassinato.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.