Geral Medida

Defensoria Pública do Piauí suspende atendimentos presenciais por sete dias

A medida considerou o decreto estadual, que estabelece redução do contingente dos servidores dos órgãos da Administração Pública ou funcionamento, preferencialmente, por modelo de teletrabalho.

06/03/2021 10h51
Por: Redação Fonte: G1 Piauí
Defensoria Pública do Piauí — Foto: Gilcilene Araújo/G1
Defensoria Pública do Piauí — Foto: Gilcilene Araújo/G1

A Defensoria Pública do Piauí suspendeu os atendimentos presenciais por um período de sete dias, devido ao agravamento da pandemia do novo coronavírus. A medida foi publicada na portaria dessa sexta-feira (5), assinada pelo defensor público geral, Erisvaldo Marques.

Durante este período, o atendimento será feito de forma remota, através do site da Defensoria e nas redes sociais da Instituição, como o Instagram @defensoriapiaui e a fanpage @DefensoriaPublicadoEstadodoPiaui.

A medida considerou o novo decreto estadual, que estabelece redução do contingente dos servidores dos órgãos da Administração Pública ou funcionamento, preferencialmente, por modelo de teletrabalho.

Na portaria, o defensor destacou também o aumento de substancial de ocupação de leitos clínicos públicos destinados aos pacientes com Covid-19 no estado.

"Assim como a necessidade de prevenção à infecção e à propagação do novo coronavírus, de modo a reduzir os riscos epidemiológicos de transmissão do vírus e preservar a saúde de agentes públicos e usuários da Defensoria Pública, buscando evitar contaminações de grande escala que possam sobrecarregar ainda mais o sistema público de Saúde, suspende os atendimentos de forma presencial, pelo prazo de sete dias", disse.

 

Piauí volta a registrar mais de mil casos

 

O Piauí registrou 1.232 casos confirmados e 22 óbitos pelo coronavírus nessa sexta-feira (5), conforme o último boletim Secretaria de Estado da Saúde. Atualmente, o estado soma 178.539 casos e 3.447 mortes.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 811 ocupados, sendo 444 leitos clínicos, 296 UTIs e 71 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 10.218 até o dia cinco de março de 2021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.