Geral Aclamado

Secretário Rafael Fonteles é reeleito presidente do Comsefaz

A reeleição ocorreu em reunião ordinária do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados.

30/03/2021 16h10
Por: Redação Fonte: Com informações do GP1
Rafael Fonteles
Rafael Fonteles

O secretário de Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles (PT), foi reeleito presidente do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz), nesta terça-feira (30). A recondução do secretário ao cargo se deu por aclamação, assim como a reeleição dos vice-presidentes e dos membros do Conselho Fiscal.

A reeleição ocorreu após reunião ordinária na sede do Comsefaz, em Brasília-DF. O comitê tem por objetivo a articulação dos interesses dos Estados com o Governo Federal e os poderes Legislativo e Judiciário, atuando principalmente no fortalecimento da gestão fiscal, financeira e tributária.

“O nosso compromisso é continuar atuando, de maneira firme, na defesa dos interesses das finanças estaduais, reforçando o papel institucional do Comsefaz, respeitando as diferentes realidades dos estados e buscando a convergência nos temas debatidos”, afirmou Rafael Fonteles.

O gestor ainda destacou a união dos secretários no debate de temas importantes para o país, como a reforma tributária, reforma administrativa e pacto federativo. O secretário lembrou a atuação do comitê na aprovação de importantes medidas para as finanças estaduais, como o auxílio federativo, Novo Fundeb, recomposição do FPE/FPM e o acordo da Lei Kandir, projetos de estímulo fiscal e de mais recursos para habilitação de leitos de UTI e aumento do teto para média e alta complexidade.

“Por fim, o intercâmbio de informações e práticas entre os Estados, o diálogo com a União e os Poderes Legislativo e Judiciário também melhoraram bastante nesses últimos anos. E isso tem muito a ver com a formalização do Comsefaz e com a participação mais ativa e unida do conjunto de secretários”, complementou Rafael Fonteles.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.