Polícia Tortura

Vídeo mostra policial civil espancando preso com pés e mãos amarrados no Piauí

A Polícia Civil informou que vai apurar o caso por meio da Corregedoria, que será oficiada imediatamente do caso.

05/06/2021 10h52 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: G1 Piauí
Policial civil agride homem preso com chutes e pontapés no Piauí — Foto: Reprodução
Policial civil agride homem preso com chutes e pontapés no Piauí — Foto: Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um policial civil espancando um homem preso, que estava com as mãos e pés amarrados. O caso ocorreu nesta sexta-feira (4) no Povoado Passagem de Santo Antônio, em Nazária, a 30 km de Teresina. A Polícia Civil informou que vai apurar o caso por meio da Corregedoria, que será oficiada imediatamente do caso.

No vídeo, o policial civil armado e com distintivo agride o homem completamente imobilizado. O policial chega dando um chute no rosto do suspeito, que está com mãos e pés amarrados, e em seguida ele cai no chão.

Com o suspeito deitado de bruços, o policial desfere ainda chutes e pontapés no homem, enquanto ele implora que pare. Depois o suspeito foi algemado nos pés e ao tentar se levantar, o policial volta a chutar e empurrar o preso. A cena foi assistida por várias pessoas, que não tentam impedir as agressões.

O preso foi identificado como Macenildo Pereira, de 35 anos, suspeito de matar o próprio padrasto Antônio Pereira da Silva dentro de casa e na frente dos dois filhos menores de idade em Nazária. A vítima estava assistindo televisão quando foi atingida com golpes de faca, pedras e pedaço de madeira.

Segundo o delegado Thiago Silva, responsável pelo caso, os moradores encontraram o suspeito em um matagal e tentaram linchar ele, mas foram impedidos pelos policiais. Até esse momento, o vídeo da agressão do policial não tinha sido divulgado.

A Delegacia Geral informou que não compactua com qualquer tipo de abuso.

 

Veja o vídeo

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.