Dólar comercial R$ 5,18 -0.59%
Euro R$ 6,12 -0.26%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.88%
Bitcoin R$ 210.526,17 +17.597%
Bovespa 125.894,71 pontos +0.67%
Economia Finanças

Piauí tem o terceiro maior aumento de arrecadação do país em 2021, aponta relatório

Documento divulgado pelo Tesouro Nacional também revela que o estado teve alta das despesas nos quatro primeiros meses do ano

22/06/2021 15h40
Por: Redação Fonte: Tesouro Nacional | O Dia
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Piauí contabilizou, nos quatro primeiros meses de 2021, um aumento de 25% nas suas receitas correntes em relação ao mesmo período do ano passado, terceiro maior percentual dentre os demais estados brasileiros, é o que revela os dados do Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO) elaborado pelo Tesouro Nacional. A maior parte desta arrecadação, cerca de 56%, são oriundos de receitas próprias, enquanto outros 46% provém de transferências correntes. 

Por outro lado, o Piauí também  registrou alta nas suas despesas correntes liquidadas entre os os últimos meses de janeiro e abril. Apesar disso, o resultado orçamentário estadual também manteve a ascensão. Nos quatro primeiros meses de 2021 a diferença entre as receitas realizadas e as despesas liquidadas totalizou R$ 757 milhões, enquanto no mesmo período de 2020 o resultado foi de R$ 391 milhões.

O relatório também mostra que 21% corresponde ao custeio da máquina pública, 7% a serviço da dívida e apenas 5% para investimentos, enquanto que em relação ao gasto com pessoal e encargos sociais esse percentual chega aos 51%. Vale lembrar que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) determina que o limite máximo para este tipo de despesa é de 60% para estados e municípios.

O RREO consiste em uma publicação bimestral que apresenta as informações fiscais consolidadas de cada ente da Federação. Congrega as informações da execução orçamentária de todos os poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário, incluindo também o Ministério Público e a Defensoria Pública, e contempla as esferas Federal, Estadual, Distrital e Municipal. A seguir, os dados extraídos dos demonstrativos dos estados e do Distrito Federal relativos ao 2º bimestre do exercício de 2021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.