Esportes De virada

Com polêmica e gol no fim, Brasil vence a Colômbia por 2 a 1

A seleção brasileira vai a Goiânia para a última rodada da fase de grupos no domingo, às 18h, contra o Equador.

24/06/2021 09h53
Por: Redação Fonte: Uol
Casemiro ganha a jogada de Rafael Borré no primeiro tempo de Brasil x Colômbia | Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
Casemiro ganha a jogada de Rafael Borré no primeiro tempo de Brasil x Colômbia | Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

A seleção brasileira venceu a Colômbia por 2 a 1 com um gol marcado por Casemiro aos 54 minutos do segundo tempo e se classificou como primeira colocada do Grupo B da Copa América com uma rodada de antecedência. O jogo foi no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Os colombianos abriram o placar logo no começo, com Luis Díaz, e tomaram o empate aos 32 minutos do segundo tempo. No lance do gol de Roberto Firmino a bola bateu no árbitro Nestor Pitana durante a jogada, que não foi paralisada. Isso gerou forte reclamação dos colombianos. Após consulta ao VAR e quase dez minutos de paralisação, o gol acabou validado. Casemiro marcou nos acréscimos para sacramentar a virada e o primeiro lugar da chave com nove pontos, enquanto a Colômbia fica em segundo com apenas quatro.

A seleção brasileira vai a Goiânia para a última rodada da fase de grupos no domingo, às 18h, contra o Equador. Já a Colômbia fica de folga, porque o grupo é formado por cinco seleções, e espera o complemento da rodada para saber o que vem pela frente.

 

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 X 1 COLÔMBIA

 

Data: 23 de junho de 2021, quarta-feira

Horário: 21h (de Brasília)

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Nestor Pitana (ARG)

Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e José Antelo (ARG)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Cartões amarelos: Alex Sandro, Everton Ribeiro, Neymar (Brasil), Cuadrado, Ospina, Barrios, Cuéllar (Colômbia)

GOLS: Luis Diaz, aos 9/1ºT (0-1), Roberto Firmino, aos 32/2ºT (1-1), Casemiro, aos 54/2ºT (2-1).

 

Brasil: Weverton; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro (Renan Lodi, aos 16/2ºT) Casemiro, Fred (Lucas Paquetá, aos 22/2ºT) e Everton Ribeiro (Roberto Firmino, no intervalo); Gabriel Jesus (Éverton Cebolinha, aos 31/2ºT), Neymar e Richarlison (Gabigol, aos 31/2ºT). Técnico: Tite

 

Colômbia: Ospina, Daniel Muñoz, Mina, Davinson Sanchez e Tesillo; Barrios, Mateus Uribe, Cuadrado e Luis Diaz (Murillo, aos 45/2ºT); Zapata (Borja, aos 18/2ºT) e Rafael Borré. (Cuéllar, aos 18/2ºT). Técnico: Reinaldo Rueda

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.