Política R$ 5,7 bilhões

Fundão eleitoral: saiba como votaram os parlamentares do Piauí

O caso ocorreu na mesma residência em que outro homem foi morto pelo irmão, em novembro do ano passado.

16/07/2021 09h31
Por: Redação Fonte: Com informações do GP1
Fundão eleitoral: saiba como votaram os parlamentares do Piauí

O Congresso Nacional aprovou ontem (15) a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022. Na Câmara, a LDO foi aprovada por 278 votos a 145 e uma abstenção. No Senado, a votação foi mais apertada e aprovada por 40 votos a favor e 33 contrários. Entre os pontos mais polêmicos está o aumento no repasse de recursos ao Fundo Eleitoral.

Dos 10 deputados federais do Piauí, quatro votaram a favor, dois votaram contra e quatro não participaram da votação. Já dos 3 senadores, dois votaram favoráveis e um não esteve presente.

Na LDO de 2020, último ano eleitoral, o valor de R$ 2,03 bilhões foi definido internamente pela Comissão Mista de Orçamentos e aprovado pelo Congresso. À época o governo havia proposto aumentar o valor, mas a repercussão foi negativa e os parlamentares reduziram.

O fundo eleitoral para o ano que vem sairá de R$ 2 bilhões para mais de R$ 5,7 bilhões. Os recursos são públicos e divididos entre os partidos políticos para financiar as campanhas eleitorais.

Com a aprovação da LDO, deputados e senadores entram de recesso na próxima segunda e só voltam ao trabalho no dia 3 de agosto.

O texto seguirá para sanção presidencial.

 

Saiba como votaram os congressistas piauienses:

 

Câmara dos Deputados

 

Átila Lira – (PP) - Sim

Capitão Fábio Abreu (PL) – Ausente

Flávio Nogueira (PDT) – Sim

Iracema Portella (PP) – Ausente

Júlio Cesar (PSD)– Ausente

Marcos Aurélio Sampaio (MDB) – Ausente

Margarete Coelho (PP) – Sim

Marina Santos (Solidariedade) – Sim

Merlong Solano (PT) - Não

Rejane Dias (PT) - Não

 

Senado Federal

 

Ciro Nogueira (PP) – Sim

Elmano Férrer (PP) – Ausente

Marcelo Castro (MDB) – Sim

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.