34°

Poucas nuvens

Teresina - PI

Economia Sem controle

Petrobras aumenta preço da gasolina em R$ 0,20 a partir de amanhã

A estatal reajustou para cima também o preço de venda do GLP para as distribuidoras; ações da estatal chegaram a subir 3% minutos após o comunicado

08/10/2021 às 14h20
Por: Redação Fonte: Estadão Conteúdo
Compartilhe:
Preço da gasolina sobe nos postos nos próximos dias após novo reajuste da Petrobras | Foto: Sergio Moraes/Reuters (REUTERS)
Preço da gasolina sobe nos postos nos próximos dias após novo reajuste da Petrobras | Foto: Sergio Moraes/Reuters (REUTERS)

A Petrobras (PETR3; PETR4) informou há pouco que elevou o preço médio de venda da gasolina A de 2,78 reais para 2,98 reais por litro, refletindo em uma elevação média de 0,20 centavos por litro.

Foi reajustado para cima também o GLP (gás de cozinha), em 0,26 centavos por kg. O preço médio de venda para as distribuidoras passou de 3,60 reais para 3,86 reais por kg. O gás de cozinha (botijão de 13 kg) sairá das refinarias da estatal custando 50,15 reais para as distribuidoras.

De acordo com o comunidado da empresa, os aumentos entrarão em vigor a partir de amanhã, 9 de outubro.

As ações preferenciais (PETR4) da estatal sobem 2% nesta sexta-feira, dia 8, mas chegaram a disparar para mais de 3% com o anúncio por volta de 12h20. As ações ordinárias (PETR3) sobem perto de 2,3% às 13h.

O preço médio da gasolina em todo o país estava em 6,092 reais na semana encerrada em 26 de setembro. No fim do ano passado, o preço médio estava em 4,517 reais, o que configura um aumento da ordem de 35% neste ano, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Com o novo aumento, a variação esperada para os preços nos postos é de 0,15 reais por litro, segundo a empresa. Isso porque a gasolina vendida ao consumidor é resultado de uma mistura obrigatória de 27% de etanol e 73% de gasolina A. a parcela da Petrobras no preço da gasolina na bomba passará a ser de 2,18 reais por litro em média.

A Petrobras, em comunicado à imprensa, disse que o aumento reflete apenas parte da alta externa. A companhia citou a "elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial, e da taxa de câmbio, dado o fortalecimento do dólar em âmbito global".

As cotações internacionais do petróleo superaram o patamar de 80 dólares o barril do tipo Brent há poucos dias, no maior patamar em três anos; e o dólar está na casa de 5,50 reais em razão de fatores globais e dos riscos associados ao investimento no país, como a fragilidade do quadro fiscal e as incertezas políticas no curto e no médio prazo.

Nos últimos 12 meses até setembro, os preços de combustíveis subiram 42,02% no país, segundo dados do IPCA divulgados nesta manhã pelo IBGE. É uma das principais fontes de pressão sobre a inflação geral, que subiu 1,16% em setembro, abaixo das estimativas de mercado, mas chegou aos dois dígitos em 12 meses, em 10,25%.

Para a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), o aumento da gasolina, após 58 dias de estabilidade, não é suficiente para equiparar os preços da Petrobras aos do mercado internacional.

"Com o aumento anunciado, as janelas para importações continuam muito fechadas", afirmou Sérgio Araújo, presidente da Abicom, entidade que defende um reajuste maior para que consiga ser competitivo no segmento.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI Atualizado às 17h16 - Fonte: ClimaTempo
34°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 36°

Qua 35°C 23°C
Qui 37°C 23°C
Sex 35°C 23°C
Sáb 38°C 23°C
Dom 37°C 24°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes