25°

Alguma nebulosidade

Teresina - PI

Esportes Verdão

Como Gustavo Scarpa se tornou um dilema para Palmeiras após excelente ano

Há algumas explicações para isso, mas o questionamento final é sempre o mesmo: faz sentido?

11/05/2022 às 09h14
Por: Redação Fonte: Uol
Compartilhe:
Gustavo Scarpa comemora gol da virada do Palmeiras sobre a Juazeirense na Copa do Brasil | Imagem: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Gustavo Scarpa comemora gol da virada do Palmeiras sobre a Juazeirense na Copa do Brasil | Imagem: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Gustavo Scarpa se tornou um dilema no Palmeiras. Jogador fundamental em 2021, com o astronômico número de 22 assistências além de oito gols, o camisa 14 perdeu espaço em 2022 e vem sendo opção no banco de reservas. Há algumas explicações para isso, mas o questionamento final é sempre o mesmo: faz sentido?

No jogo de hoje (11), contra a Juazeirense-BA, pela Copa do Brasil —em Londrina, no estádio do Café, às 19h de Brasília— o jogador deve ser opção no banco de reservas. Assim como na ida, no último dia 30, em Barueri. E foi dele o gol que deu a vitória por 2 a 1, de virada, para o Palmeiras.

Também foi Scarpa o grande responsável pelo gol do Palmeiras no empate em 1 a 1 com o Fluminense, no domingo (8), pelo Brasileiro. Dudu foi quem empurrou a bola para a rede, já em cima da linha. Mas o cruzamento foi de Scarpa, que acabara de entrar.

 

Abel desenhou um ataque com pontas rápidos

 

A mudança de status de Scarpa se explica por alguns fatores. O primeiro deles tem a ver com a maneira como Abel Ferreira vem pensando o Palmeiras nesta temporada.

O português tem optado por uma formação de ataque rápida, com dois pontas e um homem de referência móvel e de velocidade (Rony). Tal contexto favorece a ascensão de Gabriel Veron, por cujo futebol o técnico tem muita admiração.

Scarpa, por outro lado, é um meia que sabe atuar como ponta, mas não é um jogador de velocidade. Acaba contribuindo muito com o time porque bate muito bem na bola e cria situações de gol, escalado aberto pela esquerda. Mas sua origem, inclusive, é como meia centralizado. E seu lado de preferência para jogar é o direito, pelo qual despontou no Fluminense.

 

Scarpa é um ótimo reserva para Raphael Veiga

 

O outro fator é o fato de o elenco não ter hoje um meia para revezar com Raphael Veiga. Assim, parte da razão de Scarpa estar no banco pode ter certa relação com a montagem do elenco.

Pensando no longo prazo, considerando que Veiga sofrerá desgastes e pode vir a se lesionar, é inteligente ter dois meias no elenco. Mesmo que isso signifique ter um jogador de alto nível no banco.

Tal opção só faz sentido atualmente porque Abel, como explicado acima, tem feito a opção por dois pontas de velocidade.

 

Abel já pode estar imaginando o time sem o meia

 

O terceiro fator tem a ver com o manifesto desejo do camisa 14 de jogar na Europa. Scarpa já disse publicamente que gostaria de atuar no futebol europeu, e a janela de transferências para o velho continente está bem perto de se abrir, a partir de julho.

Com contrato válido apenas até o fim da temporada, o jogador já recebeu uma proposta do Palmeiras para estender seu vínculo por mais dois anos, mas ainda não respondeu.

Se não renovar, Scarpa poderá se transferir com uma negociação mais favorável para si e de modo mais fácil, uma vez que o clube interessado em contratá-lo não precisaria remunerar o Palmeiras pela transferência.

Pela regra internacional, um jogador pode se acertar com outro clube sem bônus para seu empregador atual a partir de seis meses antes do fim de seu vínculo. O que é um bom argumento a favor de um jogador que já tem 28 anos.

Por conta disso, para o Palmeiras, financeiramente falando, seria até mesmo interessante que uma negociação surgisse para levar o jogador agora. O clube perderia uma peça importante no meio da temporada, mas arrecadaria algo com a transferência.

Sabendo que Scarpa pode sair do time em menos de dois meses, não seria surpresa imaginar que Abel pode estar pensando o time já sem ele, até para ter tempo de adaptar o grupo a uma nova formação. E isso explicaria tanto sua perda de titularidade como o novo desenho tático da equipe.

Há duas certezas em toda essa história. Uma é que Abel pensa as situações com antecedência, e não seria nada impossível que todos esses fatores estivessem na balança, pensando na escalação. A outra é que Scarpa é um excelente valor do time, e que sua ausência, por qualquer que seja o motivo, tem peso na qualidade do jogo alviverde.

 

FICHA TÉCNICA:

JUAZEIRENSE-BA X PALMEIRAS

Competição: Copa do Brasil - Jogo de volta da terceira fase

Data: 11 de maio de 2022, quarta-feira

Horário: 19h (de Brasília)

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Assistentes: Luis Claudio Regazone e Thiago Rosa de Oliveira, ambos também do RJ

 

JUAZEIRENSE: Rodrigo Calaça; Dadinha, Eduardo, Wendell e Daniel; Waguinho, Patrick, Clebson e Nildo; Deysinho e Ian. Técnico: Barbosinha

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gómez, Murilo e Jorge; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Scarpa); Dudu, Rony (Navarro) e Gabriel Veron (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI Atualizado às 00h20 - Fonte: ClimaTempo
25°
Alguma nebulosidade

Mín. 23° Máx. 33°

Dom 32°C 22°C
Seg 33°C 21°C
Ter 34°C 22°C
Qua 35°C 23°C
Qui 31°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes