Cidades Teresina

Sem pagamento, motorista e cobradores paralisam atividade nesta terça na zona Leste

Os trabalhadores protestam contra falta de pagamento de salários e férias.

08/06/2021 11h18
Por: Redação Fonte: Portal O Dia
Foto: Assis Fernandes
Foto: Assis Fernandes

Os motoristas e cobradores da empresa São Cristóvão, que atuam na zona Leste de Teresina, paralisaram as atividades nesta terça-feira (08) por falta de pagamento de salários e férias. Diante disso, os trabalhadores cruzaram os braços e os veículos da frota não rodaram hoje.

Segundo os trabalhadores, os valores referentes às férias e aos 30%, pagos pela empresa, não estão sendo honrados. “Os trabalhadores estão recebendo os 70% que o governo tem que pagar, mas as empresas não estão pagando sua parte”, disse um dos motoristas.

A empresa Santana também está com os pagamentos em atraso, e, em protesto, paralisaram as atividades nesta segunda (07). De acordo com os trabalhadores, os motoristas e cobradores da Emtracol estão sem receber salários desde janeiro deste ano.

"Estamos sem pagamento desde o início da pandemia. A nossa situação é lamentável, nunca recebemos o percentual garantido nas MPs  adotadas pelos consórcios e SETUT. Nós, que trabalhamos por escala, somos tirados e ficamos sem receber. Temos que trabalhar dois dias para ganhar um", disse o motorista Cláudio Gomes, que trabalha para a empresa que atua no Consórcio Poty.

No dia 31 de maio, motoristas e cobradores paralisaram em 100% as atividades na zona Sudeste de Teresina. Os trabalhadores ficaram em frente à garagem do Consórcio Teresina em manifestação pela falta de pagamento e condições precárias de trabalho.

 

CPI do Transporte

 

Desde o dia 18 de maio deste ano, a Câmara Municipal de Teresina realiza audiência para tratar sobre a situação dos coletivos de Teresina. A CPI do Transporte Público já ouviu representantes do sindicatos dos motoristas e cobradores, e empresários.

As categorias apresentaram suas visões sobre o sistema, que sofre com a falta de veículos, prejudicando a população.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.