Cidades Júri Popular

Tribunal de Campo Maior julgará acusado de matar professora nesta quarta (9)

Atualmente, a Constituição Federal reconhece o Tribunal do Júri como instituição competente para julgar os crimes dolosos contra a vida

09/06/2021 10h09
Por: Redação
Francisco de Assis
Francisco de Assis

O Tribunal do Júri de Campo Maior estará reunido nessa quarta-feira, 9, para julgar Francisco de Assis Vasconcelos Campos, acusado de matar a professora Adriana Tavares e tentar matar a ex companheira Maria das Dores, no dia 22 de outubro de 2014.

Adriana foi morta quando retornavam de moto da escola Regina Maria Bona no Reassentamento Corredores, na companhia de sua colega, a professora Das Dores Campos, quando começaram a ser perseguidas pelo agricultor Francisco de Assis Vasconcelos, ex-marido de Das Dores. 

Assis se apresentou dois dias após o crime, onde prestou depoimento à delegada de Polícia Civil Thaís Lages. Como estava na véspera da eleição, ele não pôde ficar preso, já que a  legislação eleitoral impede a prisão de eleitores no período que antecede o pleito, a não ser que seja em caso de flagrantes. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Campo Maior - PI

Campo Maior - Piauí

Sobre o município
Notícias de Campo Maior, a terra da carne de sol. Na foto acima, o monumento da Batalha do Jenipapo.